Comer juntos e juntas

avatar Marcelo Cunha Bueno - 09 de julho de 2019

comida
Não tem um dia que não sentemos os três para jantarmos juntos. É a refeição em que os três estão em casa. Sem televisão (apesar dos pedidos do Enrique. Sim! Ele pede para ver tv. É tentação demais!), sem celular (apesar da minha coceira infinita. Sim! Eu gosto de zapear pelas telas do celular! É tentação demais!) e com um ambiente mais calmo (apesar da Gabi gostar de luzes acesas. Sim! Ela gosta de claridade! É tentação demais).
 
Comer começa no preparo da comida. Começa na cozinha. Aliás, aqui em casa, começa no 
mercado, na horta, na vendinha. Todo mundo cozinha, participa, à sua maneira, do preparo. 
 
Comemos conscientes. Falamos sobre o que comemos. Alimentamos a alma também. 
Valorizamos e agradecemos a comida que nos une. Pequenos atos que constroem memórias afetivas, que se transformam em amor que se renova! Bom apetite é bem viver!
 
Marcelo Cunha Bueno é educador há mais de 20 anos, inspirado pelo chão da Escola, 
especialista em desenvolvimento infantil.
 

Fique por dentro do calendário do segundo semestre:

Conheça nossas ações de formação

De professor para professor