Registros pedagógicos na educação infantil

avatar Eduardo Ferreira - 22 de Outubro de 2021

Registros pedagógicos na educação infantil

Registros na educação infantil

 

Tão importante quanto conhecer com profundidade todas as modalidades de registros que podem ser considerados como válidos, é conhecer também sua importância na construção da evolução das aprendizagens da criança, bem como do enriquecimento das observações dos educadores.

Há todo um conjunto de registros relevantes produzidos a partir das vivências das crianças e dos educadores, sobre os quais se possa extrair reflexões e análises acerca da intencionalidade pedagógica e de seu resultado efetivo.

Especialmente na educação infantil, o registro passou a ter maior atenção e relevância a partir da Constituição de 1988 e pela Lei de Diretrizes e Bases de 1996, onde o desenvolvimento integral da criança foi estabelecido como um direito.

 

Intencionalidade dos registros

 

registrosA partir do momento em que a escola infantil deixa de ser considerada apenas um lugar de entretenimento, para se configurar num espaço de experiências educativas, há de se estabelecer uma relação muito clara entre as propostas ofertadas e como elas podem chegar às crianças.

Ofertar situações onde a criança se depare com o previsível, mas também com o inédito, o inesperado é uma das estratégias que pode garantir ao educador que sua intenção pedagógica foi ou não foi atingida. 

E registrar documentalmente este processo de construção de relação entre o objetivo e o ocorrido torna muito mais robusta a ação cotidiana do educador. É importante trazer consigo perguntas capazes de nortear suas observações: 

- “o que quero observar?”... 
- “O que quero entender sobre as relações, crianças, espaços e educadores?”... 
- “O que quero entender sobre minha própria aprendizagem e meu processo de construção?”... 
- “Quais materiais devo utilizar e quais suas intenções?”...   
- “Como nos vemos sujeitos da própria experiência?”...
- “Como pensar os espaços como lugar de aprendizagem?”...
- “Como provocar as experiências através das possibilidades ofertadas?”...

 

Reconhecimento das competências da criança nos registros

 

WhatsApp Image 2021-10-22 at 11.18.04WhatsApp Image 2021-10-22 at 11.18.02Registrar, organizar e compreender a sua importância, especialmente nos anos iniciais, pode ser uma das mais importantes ferramentas que um educador pode ter na avaliação das competências próprias e as das crianças.

Quanto mais robusta e organizada sua documentação, melhores e mais proveitosas serão suas observações sobre as potencialidades da criança a ser observada, as intenções das ações propostas e seus resultados práticos. 

Para isso, todas as ferramentas disponíveis são bem vindas quando o assunto é registro. 

É importante conhecer com maior riqueza de detalhes não apenas a intenção, mas os processos intermediários da construção e a forma com que as crianças reagem às situações propostas. 

Isso tornará mais visível as competências individuais de cada criança, bem como a dos educadores.

A quem se destinam os registros?

 

Engana-se quem acredita que “registrar” tenha como sujeito apenas a criança e o educador. Ainda que o registro seja uma fonte de observação sobre o desenvolvimento individual de ambos, o acervo pode ser extremamente importante na observação da trajetória de um grupo ou de um povo, onde elementos de sua cultura ficam também registrados.

Desta forma, eles podem ser fonte de estudos históricos, sociais, comportamentais, contribuindo largamente na coleta de informações.  

 

Quais ferramentas usar na documentação?

 

Todas as formas inteligíveis de registros podem ser utilizadas em seu acervo. Desde os mais tradicionais aos mais modernos, tudo de onde se possam extrair informações relevantes sobre as ações propostas e seus resultados.

Alguns deles são: 

- Diário de aula
- Diário de classe
- Formulários de acompanhamento
- Relatórios avaliativos individuais
- Recursos digitais
- Portfólios

 

Diário de aula

 

O diário de aula é o registro escrito sobre a prática a ser apresentada ao grupo, onde o educador apresenta sua intenção e o resultado prático obtido durante o processo. 

 

Diário de classe

 

O diário de classe pode ser um pouco mais abrangente, onde o educador relata não apenas a proposta apresentada e os reflexos dela no grupo, mas pode apresentar também outros aspectos comportamentais do grupo a partir de outras vivências que se apresentem vindas do inesperado.

 

Formulários de acompanhamento

 

Os formulários de acompanhamento podem ser construídos pela equipe pedagógica de cada instituição, não tendo um modelo padrão a ser seguido e, em especial, considerando a concepção de criança que a instituição coletiva carrega.  Entretanto, em geral, eles apresentam uma limitação na avaliação individual, na medida em que os resultados desejados já se apresentam definidos e planilhados. São importantes, mas deixam a desejar nos registros do inesperado, do imprevisto.

 

Relatórios avaliativos individuais

 

Os relatórios trazem as impressões e observações do educador especificamente para cada criança. Muito além de exigir do educador uma boa observação individual, ele recomenda também uma boa escrita. 

 

Recursos digitais

recursos digitais

Inseridos mais recentemente, todos são excelentes ferramentas de registros aptos a compor este elenco. Evolução tecnológica dos gravadores de áudio, das máquinas fotográficas e filmadoras cujos armazenamentos eram feitos de forma física.    

Atualmente todos reunidos em nossos aparelhos celulares, estes meios de gravação se apresentam de forma digital, com sua capacidade de armazenamento cada vez maior e vem se consolidando como um dos mais importantes aliados dos registros pedagógicos. 

 

Portfólios

 

Uma das mais ricas modalidades de registro, os portfólios consistem na formação de um acervo das propostas e trabalhos de cada criança, podendo reunir também todas as outras modalidades registrais. 

Eles podem ser configurados em pastas, caixas ou arquivos digitais. Mas sua importância reside na possibilidade e necessidade de revisita constante do material, possibilitando novas reflexões sobre as propostas ofertadas e seus resultados, de forma a enriquecer e ampliar as possibilidades do educador, mas também construir sua autoaprendizagem.

Val ressaltar que os  pais e a comunidade escolar também possuem uma importante participação na construção dos portfólios. 

 

Importância dos registros na educação infantil

registroComo vimos, uma boa qualidade de seus registros pode ser o catalizador a sedimentar a relação entre a criança, o educador e o conhecimento. Tanto para as análises individuais da criança, como para pesquisa, autoformação e autocrítica do educador, e ainda como observatório de intencionalidade e efetividade, os registros e sua organização são extremamente importantes.

As marcas das produções organizadas em registros, e suas observações acerca das potencialidades da criança e do educador, os registros declaram nossa imagem de criança e nossa imagem de educadores, e se prolongam no tempo e no espaço. No tempo quando se apresentam prontas para serem consultadas e reavaliadas ao longo da história, e no espaço porque ultrapassam os muros da escola, para cravarem sua importância nos registros históricos de um povo, de uma nação.

A forma como o educador conduz seus registros diz muito sobre as concepções de criança e de adulto que acompanha crianças que ele traz consigo, da relação de importância em que ele eleva os indivíduos, e do seu desejo de participação ativa e potente na construção de uma sociedade mais justa e humana, a partir do solo fértil e seguro da EDUCAÇÃO.

E você, educador? Como registra as suas ações?

 

Quer saber mais sobre registros pedagógicos?

Confira nossas indicações de livros

Comentários